FETAPE - FEDERAÇÃO DOS TRABALHADORES RURAIS AGRICULTORES E AGRICULTORAS FAMILIARES DO ESTADO DE PERNAMBUCO

Notícias


"A Enfoc faz a gente ver o mundo diferente", destacam participantes da 7º turma do Regional Nordeste

12/09/2019



Educandas e educandos da região Nordeste concluíram uma das etapas do 2º módulo do Curso de Formação em Desenvolvimento Rural Sustentável e Solidário realizado pela Escola de Formação Nacional da Contag (Enfoc). A atividade foi realizada de 03 a 09 de setembro, no Centro Social da Fetape, em Carpina-PE. No contexto de desmonte da educação pública no Brasil, a Enfoc é um espaço de resistência que há 13 anos forma lideranças e agentes de transformação social.

“A escola é um grande instrumento de luta e nesse momento precisamos cada vez mais de cursos como esse. Eu fiz a primeira turma, em 2006, e posso afirmar a vocês que não tem uma escola como essa em nenhum outro lugar”, disse a presidenta da Fetape, Cícera Nunes, na abertura do curso.

A história do movimento sindical e suas raízes foi um tema que perpassou todo o módulo. Já na abertura, a diretora de Organização e Formação da Fetape, Jenusi Marques, trouxe em sua fala a história de criação do centro social de Carpina e o seu significado para o movimento sindical.



“É muito bom ter vocês nessa casa, que é a casa do trabalhador e da trabalhadora. Estamos no meio de uma região marcada pelo agronegócio com vários plantios de cana. E essa casa nasceu da ousadia dos trabalhadores e trabalhadoras no período de ditadura. Além disso, tenho um carinho muito grande por esse centro de onde saíram grandes lideranças que ajudaram a fundar a escola e onde recebemos o nosso presidente Lula”, relatou.

Durante uma semana, várias foram as atividades realizadas como debates sobre a conjuntura, o Projeto Alternativo de Desenvolimento Rural Sustentável e Solidário (PADRSS) e o papel do educador popular; oficinas sobre Orientação Sexual, Espiritualidade, Relações Sociais de Gênero e Relações Étnico Raciais.; Cine Enfoc e lançamento de campanha pelo legado de Paulo Freire.

Para a secretária de jovens do STR de Santo Amaro, na Bahia, Ednagela Silva das Neves, o destaque do curso foram as oficinas pedagógicas. Ela conta que participou da oficina de Espiritualidade e aprendeu que, muitas vezes, o preconceito é construído a partir dos estereótipos que são criados na sociedade e que para rompê-los é necessário acesso à informação de qualidade.

“Pegando a questão do candomblé, por exemplo, a gente percebe que por falta de informação temos o preconceito. Nós somos descendentes de negros e temos que respeitar a nossa raça e a partir do momento que eu, mesmo não sendo do candomblé, desrespeito o outro, eu estou sendo errado comigo e com o outro”, afirmou a educanda.

A próxima fase do curso é o trabalho na comunidade em que os participantes vão desenvolver atividades sobre os conteúdos do segundo módulo com a base. Essa etapa é chamada de “tempo comunidade” que tem o objetivo de fazer a escola chegar as pessoas que não estão participnando do curso e promover aprendizados que contribuam com a mudança de vida da comunidade.

“O intuito de escola é que a gente passe a informação adiante. Não é ficar preso a você. A partir do momento que você transborda conhecimento, você forma novos sujeitos. Esse é o intuito de Paulo Freire: formar novos sujeitos políticos que tenham concepção do que estão falando e convivências amplas”, destaca Ednagela.

O terceiro e último módulo será realizado em novembro, no Ceará. Será um momento de debates e também de celebração com a famosa “transformatura”.

“A Enfoc é uma escola que faz a gente ver o mundo diferente. Eu aprendi que as mudanças acontecem através de luta. Então a gente precisa lutar para que as coisas mudem”, diz Alvoni Cruz de Sousa, presidente do STR de Feira Nova do Maranhão, no estado do Maranhão.

Campanha– No sábado (7) foi lançada a Campanha em Defesa do Legado de Paulo Freire que é uma iniciativa do Conselho de Educação Popular da América Latina e Caribe (Ceaal) com o objetivo de difundir, debater e disseminar as ideias de Paulo Freire e estimular os pensamentos da educação popular, frente ao atual contexto de desmonte da educação pública. 

FEDERAÇÃO DOS TRABALHADORES RURAIS AGRICULTORES E AGRICULTORAS FAMILIARES DO ESTADO DE PERNAMBUCO

ENDEREÇO
Rua Gervásio Pires, 876 - Boa Vista - Recife/PE - CEP: 50050-070
Telefone: (81) 3771-0317 | E-mail: fetape@fetape.org.br