FETAPE - FEDERAÇÃO DOS TRABALHADORES RURAIS AGRICULTORES E AGRICULTORAS FAMILIARES DO ESTADO DE PERNAMBUCO

Notícias


Estudo de universidades registra memória do sindicalismo rural e urbano no país

12/04/2019



 

A Fetape sediou a 1ª reunião que contou com a participação de lideranças sindicais e diretoria da Federação, nos dias 8 e 9, em Carpina

Registrar a memória e a experiência dos canavieiros do estado de Pernambuco e da Paraíba e dos metalúrgicos do ABC e de São Paulo, durante as greves ocorridas entre o final da década de 1970 até o ano de 2005. Esse é o objetivo do estudo realizado por uma rede de pesquisadores das universidades federais do Rio de Janeiro (UFRJ), da Paraíba (UFPB), do ABC (UFABC) e de São Paulo (UNIFESP) e da estadual de São Paulo (USP). Para dialogar sobre as práticas sindicais de trabalhadores rurais e urbanos foi promovida a 1ª Reunião Greves de Canavieiros e Metalúrgicos: Memória e Futuro, nos dias 8 e 9 de abril, na sede do Centro Social da Fetape em Carpina.

O professor e pesquisador da UFRJ, José Sérgio Lopes, destaca que a intenção é de estudar a memória de lutas sociais do passado de trabalhadores rurais e urbanos e comparar estas experiências entre o sudeste e o nordeste. “Esperamos que o projeto possa contribuir no conhecimento da memória sindical e sua transmissão através das gerações, além de aproximar trabalhadores da cidade dos trabalhadores do campo”, avaliou. Para isso, foram ouvidos testemunhos de um público formado por militantes que viveram o ciclo de greves em Pernambuco, e também de militantes mais jovens, além de diretores sindicais e diretores da Fetape e Fetaepe.

O local foi escolhido por abrigar o acervo histórico das lutas dos trabalhadores rurais e canavieiros, na Academia Sindical da Federação. “Nossos registros da trajetória de luta dos trabalhadores rurais de Pernambuco estão preservados na Academia Sindical, para que essa memória seja perpetuada por gerações. Nossa contribuição neste estudo é para que a sociedade de hoje e do futuro reconheça que a luta do trabalhador e da trabalhadora rural é humana, justa, digna e coletiva”, afirmou a presidenta da Fetape, Cícera Nunes.

A pesquisa é fruto do edital Memórias-Conflitos lançado em 2017 pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes)/Ministério da Educação (MEC). O projeto é denominado de Movimentos cruzados e histórias específicas de operários e trabalhadores rurais. Análise comparativa dos ciclos de greves iniciados pelos metalúrgicos de São Paulo e do ABC paulista e pelos canavieiros de Pernambuco no final dos anos 70.

Entre os resultados estão previstos a publicação de um livro, vídeos e materiais didáticos, até o final de 2019. O material será disponibilizado no acervo da Academia Sindical da Fetape e para os sindicatos.

O próximo encontro acontecerá em São Paulo, nos dias 2 e 3 de maio. A proposta será de registrar depoimentos dos participantes na vida sindical durante os anos de 1979, e nos anos seguintes até 1992, 1998 e 2005.  

 




FEDERAÇÃO DOS TRABALHADORES RURAIS AGRICULTORES E AGRICULTORAS FAMILIARES DO ESTADO DE PERNAMBUCO

ENDEREÇO
Rua Gervásio Pires, 876 - Boa Vista - Recife/PE - CEP: 50050-970
Telefone: (81) 3771-0317 | E-mail: fetape@fetape.org.br